Fecham-se as cortinas
Surge um mundo em meu quarto
Já não me preocuparia
Se lá fora eu não me encaixo
Aqui a noite e o dia são meus convidados
E tudo que eu guardaria
Ah, é descartável

Se há mal que nunca acabe
Ou um bem que sempre dure
Ninguém vai me dizer pare
Quero que isso tudo mude

Passa ser intensiva a crise de existencia e fatos
Eu reclamo agora a minha natureza em retalhos
Não sei aonde eu iria
Mas é inadiavel
O meu caminho é só de ida
E é complicado

Se há mal que nunca acabe
Ou um bem que sempre dure
Ninguém vai me dizer pare
Quero que isso tudo mude

Irritante ironia
De todos sou o mais culpado
A minha biografia é um romance rascunhado
E quem responde em covardia por todos os meus atos
Na maioria dos meus dias é um novo acaso

Se há mal que nunca acabe
Ou um bem que sempre dure
Ninguém vai me dizer pare
Quero que isso tudo mude


Gangzila paroles Que Tudo Mude paroles traduction biographie chansons lyrics discographie clips videos mp3s